“Toda criança me arrebata, toda criança, por me olhar, me arregaça as mangas do amor e dele, desse amor, morro de emoção.”


Um espaço arejado, aconchegante e repleto de histórias.